Advogado do ex-presidente Lula pretende levar à ONU as denúncias feitas pelo ministro Gilmar Mendes, do STF, segundo ele , magistrados da Suprema Corte estariam sendo chantageados por órgãos de investigação

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, declarou na semana passada que magistrados da Corte estariam sendo chantageados por “milícias” institucionais de órgãos de investigação. De acordo com os advogados de Lula, tais pressões podem comprometer a integridade das decisões do tribunal, em especial nos julgamentos do ex-presidente.

“Este contexto é que tem que ser levado ao comitê de direitos humanos da ONU para mostrar que o Judiciário brasileiro está sob suspeita, porque está extremamente fragilizado diante do constrangimento que sofre por parte de carreiras de Estado”, disse o ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão.

Advogado do ex-presidente Lula pretende levar à ONU as denúncias feitas pelo ministro Gilmar Mendes, do STF, segundo ele , magistrados da Suprema Corte estariam sendo chantageados por órgãos de investigação.

“Não se trata de um procedimento novo. Simplesmente os advogados de Lula levariam este fato novo [a declaração de Gilmar Mendes] para o processo que já está em mão do comitê de direitos humanos, que trata precisamente de arguir que há uma violação do acesso à justiça do remédio jurídico que não é dado a Luiz Inácio Lula da Silva face ao seu direito de liberdade”, completa o ex-ministro da Justiça.

Fonte: Brasil247.com